Se você está se perguntando qual a relação entre a Páscoa e o vinho, vamos explicar. Nessa época do ano, é normal que a venda do vinho aumente, justamente por ele ser bastante consumido na Semana Santa, a qual simboliza uma tradição religiosa cristã que celebra a paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo.

A Semana Santa tem início no domingo de ramos e termina com a ressurreição de Jesus que ocorre no domingo de Páscoa. A partir daí, criou-se a relação do vinho com a data, já que, segundo a história, a Santa Ceia foi o momento que antecedeu a crucificação de Jesus e foi nessa ocasião em que ele comeu do pão e bebeu do vinho junto aos discípulos.

Dessa forma, para os religiosos, o consumo do vinho na Páscoa é uma forma de relembrar o momento da Santa Ceia. Contudo, até aqueles que não acreditam ou não são adeptos à religião, optam pela compra do vinho como forma de tradição anual.

Vinho & Almoço de Páscoa

O almoço de Páscoa é sempre um momento especial. Além de reunir a família e amigos, todos ficam ansiosos para saborear os pratos que, em sua maioria, apresentam frutos do mar.

No cardápio, que pode variar, é possível encontrar: bacalhau ao forno, filé de peixe assado, bacalhau com nata, salmão grelhado, ceviche, risoto de camarão, entre outros. E adivinha? Todos esses pratos combinam com um bom vinho!

Nada mais prazeroso que degustar uma taça de vinho saboreando um bom peixe e depois se deliciar com os tradicionais ovos de chocolate. Mas você sabe qual a combinação de vinho perfeita para seu almoço de Páscoa?

Vinho rosé + salmão

Apesar de todos os vinhos serem deliciosos com frutos do mar, o vinho rosé tem características que mais se harmonizam com peixes carnudos, como o salmão.

O vinho rosé é produzido com uvas tintas e conta com tons variados, além disso, é conhecido como um vinho sofisticado, de acidez acentuada, o que o torna fresco e perfeito para o verão.

Ele combina perfeitamente com um bom salmão assado ou grelhado, e para dar um toque ainda mais especial, prepare uma boa tábua de frios composta de queijos, principalmente o gouda e os de cabra.

Vinho tinto + bacalhau

O vinho tinto leve traz um paladar mais aguçado com peixes de médio porte, como o bacalhau, truta, bagre e tamboril. Dessa maneira, no almoço de Páscoa você também pode optar por um vinho tinto perfumado com um bom bacalhau assado.

Contudo, o bacalhau também aceita harmonização com vinho branco, desde que traga um acompanhamento mais leve, como uma salada de folhas verdes. Se o prato principal for uma bacalhoada acompanhada de pimentões, batata, tomate e temperos mais fortes, opte pelo vinho tinto com corpo entre leve e médio.

Não importa qual seja o prato, o vinho vai muito além do sabor do “prazer”, ele também apresenta benefícios para saúde, por isso, ele tem que fazer parte do seu estilo de vida.