A Carmenère é uma uva tinta que que foi convertida em um dos emblemas do vinho chileno, pois seu clima permitiu uma adaptação perfeita para esta casta de maturação tardia.

Experiências

Conheça Mais

A Carmenère desapareceu da França no século XIX por causa da filoxera, o fungo que atacou e destruiu grande parte dos vinhedos europeus. Essa casta reapareceu nos vinhedos chilenos cem anos depois e era confundida com a Merlot. O Chile se transformou no seu em refúgio em nível mundial do refúgio sendo o Vale do Colchagua a maior superfície plantada com esta variação. O seu potencial é imenso e se caracteriza por sua cor intensa e aromas de frutas escuras e especiarias. Quando não amadurece completamente pode apresentar sabores a pimentão verde.

Aromas Mais Comuns:
  • Framboesa
  • Ameixa preta
  • Pimentão
  • Páprica

Combina Com

Principais Cortes

A Carmenère é uma das castas utilizadas no corte do vinho de Bordeaux com a Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc e Petit Verdot. No Chile ela aparece em muitos cortes com a Cabernet Sauvignon e Merlot.

Características

Acidez
Tanino
Corpo
Álcool
Tipo de Uva – Tinta
Temperatura de Serviço – 15º a 18º

Onde é Comum Encontrar no Mundo

Carmenère pelo Mundo Placeholder
Carmenère pelo Mundo

Carmenère no Brasil

Esta uva não possui importância no seu cultivo no Brasil.

Vídeo Relacionado