Uma das castas emblemáticas de Bordeaux, a Merlot é a tinta mais cultivada da região. Seu nome é originado na palavra francesa “merne”, que significa pássaro negro (o animal e o vinhedo estão em perfeita harmonia na época da colheita). Uma curiosidade é que a casta, durante muitos anos, foi confundida com a Carmenère, no Chile.

Experiências

Conheça Mais

Fruto do cruzamento entre Magdeleine Noire des Charentes e Cabernet Franc, a Merlot possui características marcantes, como a maturação mediana, que leva ao seu fácil cultivo em diversas regiões. É uma casta que se adapta muito bem em solos frios, tendo como preferência a argila. O estilo internacional mais comum, cultivado em climas quentes, apresenta caráter de fruta preta (amora, ameixa), muito corpo, acidez média ou baixa, alto nível de álcool e taninos médios. Os vinhos de Merlot são, frequentemente, armazenados em madeira, ganhando sabores especiados e amadeirados, como baunilha e café. É a casta dominante na Margem Direita de Bordeaux, tendo atingido o seu apogeu na região de Pomerol. 

Aromas mais comuns
  • Framboesa
  • Groselha
  • Chocolate
  • Baunilha

Combina Com

Principais Cortes

O principal corte da Merlot é com a Cabernet Sauvignon, sendo clássico na região de Bordeaux. A Merlot leva suavidade e corpo, enquanto a Cabernet oferece os taninos, acidez e a fruta aromática. Já na Argentina, a casta é combinada, em algumas ocasiões, com a Malbec e, no Chile, com a Carmenère.

Características

Acidez
Tanino
Corpo
Álcool
Tipo de Uva – Tinta
Temperatura de Serviço – 15º a 18º

Onde é Comum Encontrar no Mundo

Merlot no Mundo Placeholder
Merlot no Mundo

Merlot no Brasil

A Merlot é uma das castas tintas que melhor se adaptaram ao território brasileiro. Além da questão do terroir, que, felizmente, casou bem com a Merlot, um dos grandes motivos de sucesso desta uva no Brasil é a sua maturação precoce, que ocorre antes dos períodos de chuva, evitando possíveis danos. 

Merlot no Brasil Placeholder
Merlot no Brasil

Vídeo Relacionado