Uva originária do Sudoeste da França, da região de Madiran, faz muito sucesso no Uruguai e, pouco a pouco, está se tornando uma casta global. Devido à sua coloração bastante escura e à concentração de taninos, acredita-se que o seu nome tenha vindo dessa característica, ou, ainda de “tan”, que quer dizer “bronzeado” num dialeto de uma antiga província francesa, situada no sopé dos Pirenéus (Bearne).

Experiências

Conheça Mais

É uma casta muito poderosa, com caráter marcante e que, usualmente, é bastante tânica. Uma uva de maturação mediana, que contém um dos maiores índices de polifenóis (antioxidantes) de todas as castas tintas.

Aromas mais Comuns
  • Ameixa
  • Geleia de Framboesa
  • Baunilha
  • Coco

Combina Com

Principais Cortes

Por conta da alta quantidade de taninos, é frequentemente utilizada em cortes. Entre as uvas que costumam fazer parte do blend, estão: Merlot, Cabernet Franc e Cabernet Sauvignon.

Características

Acidez
Tanino
Corpo
Álcool
Tipo de Uva – Tinta
Temperatura de Serviço – 15º a 18º

Onde é Comum Encontrar no Mundo

Tannat no Mundo Placeholder
Tannat no Mundo

Tannat no Brasil

O clima da região da Campanha Gaúcha, muito semelhante ao de Canellones, no Uruguai (onde essa casta ganhou fama), favoreceu o desenvolvimento dela no Brasil. A região é bem quente e ensolarada no verão, contribuindo para um vinho mais aromático, frutado e menos rústico. 

Tannat no Brasil Placeholder
Tannat no Brasil

Vídeo Relacionado