Visitamos a Villaggio Bassetti para falarmos e entendermos um pouco mais sobre os vinhos de altitude no Brasil. O clima da região pode ser um desafio para muitos empreendedores, porém, isso não desanimou José Eduardo Pioli Bassetti, fundador da vinícola.

Herdando a paixão do seu avô, José fez da sua vinícola uma das mais estimadas de todo o país. O planalto sul catarinense, de condições climáticas desafiadoras, acabou sendo o terreno perfeito para tornar os sonhos de sua família realidade.

Para entender mais sobre a produção de vinhos na região, não deixe de ler o artigo que preparamos para falar mais sobre o assunto. Boa leitura!

Como surgiu a ideia da Villaggio Bassetti

O avô de José Eduardo, fundador da Villaggio Bassetti, já trabalhava fazendo vinhos para a sua família. Os netos, que queriam participar do processo, ajudavam colhendo uvas e realizando outros procedimentos básicos na fabricação da bebida.

José, ao ficar mais experiente, resolveu explorar mais desse universo. Por isso, acabou criando uma editora, para publicar livros sobre o turismo nas vinícolas da região, que ele acreditava ser mal explorado. Porém, ao entrar em contato com esse universo, se apaixonou novamente.

Isso fez com que começasse a realizar pesquisas em 2000, para iniciar o plantio na região de São Joaquim, no planalto sul catarinense. As condições climáticas poderiam ser um desafio, porém, a vontade de José foi maior, e, em 2005, nasceu a Villaggio Bassetti.

Como a produção de vinhos se iniciou

Iniciar a produção de vinhos de altitude era o maior desafio que José iria enfrentar no início. Porém, ele tinha algumas informações, e uma delas era de que 5 castas eram as mais indicadas: Chardonnay, Merlot, Cabernet Sauvignon, Pinot Noir e Sauvignon Blanc.

Apesar disso, resolveu não trabalhar com a Chardonnay em um primeiro momento, pois, por conta da geada, grandes perdas seriam registradas. No mais, as plantações se iniciaram, e logo ele notou que a região era bastante proveitosa.

Com muita vontade de aprender, José passou a explorar novas possibilidades, e plantou diferentes castas de uva, onde a maioria delas deu certo. Hoje, já sabemos que a região pode extrair bons resultados de mais de 60 tipos de uvas, sendo muito versátil.

Sabor dos vinhos e turismo na Villaggio Bassetti

Os vinhos de altitude da Villaggio Bassetti contam com maturação longa, o que faz com que a acidez seja um pouco maior do que a habitual. Isso faz com que a bebida seja bem estruturada, com o seu teor alcoólico variando de acordo com diferentes procedimentos.

No mais, essas são as informações mais importantes sobre os vinhos produzidos nessa vinícola tão importante no cenário atual. A boa notícia para os entusiastas do meio, é que é possível visitar o local, para ter experiências únicas na Villaggio.

Além da degustação dos vinhos, é possível fazer visitas de bicicleta, a pé, ou ainda de carro, da forma que o visitante preferir. Conhecer as instalações pode ser uma experiência única para quem está querendo mais informações sobre o plantio na região.

No mais, esse é o nosso artigo, e para conferir mais sobre o universo dos vinhos, não deixe de baixar o app Interlivino e contar com as informações na palma da sua mão!